Como ainda não tive notícias de nenhum orgão de cúpula da Umbanda (incluso Conselhos e Faculdades) se mobilizando para auxiliar de alguma forma as pessoas vítimas da tragédia em Santa Catarina, divulgo aqui mensagem da União dos Escoteiros do Brasil, da qual orgulhosamente faço parte, que está se mobilizando para tanto.

Prezados Companheiros:,

No momento em que uma calamidade se abate sobre muitas cidades de Santa Catarina, a União dos Escoteiros do Brasil conclama seus membros a somar-se aos esforços para minimizar o sofrimento de nossos irmãos e prover meios para os atendimentos de urgência.

As constantes chuvas e alagamentos colocaram 32 municípios em estado de emergência, principalmente nas cidades que fazem parte do Vale do Itajaí, e quedas de barreiras nesta região e litoral provocaram dificuldades de comunicação e desabastecimento.

Neste momento a Defesa Civil, encarregada de coordenar todos os trabalhos no atendimento das necessidades, registra 54.039 desalojados e desabrigados, sendo 22.952 desabrigados e 31.087 desalojados. Lamentavelmente também se computam 85 mortes confirmadas e 30 desaparecidos, e mais 1.500.000 afetados. Oito municípios ainda permanecem isolados.

A União dos Escoteiros do Brasil, através da Região Escoteira de Santa Catarina, seus Distritos e Grupos Escoteiros, há vários dias vem auxiliando, colocando-se a disposição e atendendo solicitações da Defesa Civil. As necessidades variam de local para local, dependendo das circunstâncias, e em cada cidade os escoteiros tem atuado no sentido de auxiliar a ação coordenada pela Defesa Civil.

A Região Escoteira colocou seu site – http://www.uebsc.com.br/ – e seu sistema de newsletter à disposição das autoridades da defesa civil e membros do Movimento Escoteiro, possibilitando rápida comunicação e mobilização. Companheiros do radioescotismo também estão atuando no sentido de superar as barreiras provocadas pelo isolamento de bairros e cidades.

Neste primeiro momento, para evitar dispersões e obter melhor aproveitamento dos esforços, existem algumas maneiras simples de ajudar, que são acessíveis a todos, conforme segue:

1. A primeira é contribuindo financeiramente com os desabrigados, através da Defesa Civil de Santa Catarina, fazendo doação na conta corrente aberta especialmente para isso: BANCO DO BRASIL – Agência 3582-3, Conta Corrente 80.000-7 / BESC – Agência 068-0, Conta Corrente 80.000-0. O / BRADESCO S/A – 237 Agência 0348-4, Conta Corrente 160.000-1 em nome da pessoa jurídica Fundo Estadual da Defesa Civil, CNPJ – 04.426.883/0001-57.

2. Doações de alimentos, remédios, roupas, colchões, e, principalmente, água potável também são necessárias. Doadores de outros estados devem contatar a Defesa Civil de seu Estado para saber como ajudar.

3. Acompanhe no site da UEB-SC e inscreva-se para receber os newsletters, para acompanhar ações específicas e, caso tenha possibilidade, engajar-se em algum trabalho.

Dependendo das orientações da Defesa Civil e dos pedidos particulares de cada Município, a União dos Escoteiros do Brasil desencadeará campanhas específicas, conclamando desde já todos os Escoteiros do Brasil a se somarem nesta união.

Os Grupos Escoteiros que queiram, desde já, patrocinar campanhas para arrecadar alimentos não perecíveis e colchões, principais necessidades, podem fazer contato direto com a Defesa Civil ou com os dirigentes da Região Escoteira de Santa Catarina para providenciar o encaminhamento das doações.

Certos de que nossa ação fraternal poderá diminuir a dor dos nossos irmãos vítimas desta calamidade, agradecemos o apoio de todos e colocamo-nos à disposição com nosso ativo.

Sempre Alerta Para Servir
União dos Escoteiros do Brasil – Direção Nacional
UEB – Região Escoteira de Santa Catarina

Anúncios